LICENCIATURA EM MEDICINA


LICENCIATURA EM MEDICINA

Cursos > Cursos de Licenciatura

O curso que se designa por LICENCIATURA EM MEDICINA tem como finalidade habilitar profissionais de nível superior no ramo da Medicina Humana com o grau de licenciados, a actuarem como cl&iac...

LICENCIATURA EM MEDICINA

A Lei n° 27/2009, de 29 de Setembro (Lei do Ensino Superior) estabelece, na conjugação do Artigo 22 com o Artigo 23, n° 5, alínea a), que constitui condição de acesso ao primeiro ciclo de formação do ensino superior, que corresponde ao grau académico de Licenciatura, a conclusão com aprovação da 12a classe ou equivalente. Tendo em atenção que o número de vagas é inferior ao número de candidatos, a UEM estabelece os Exames de Admissão como critério de selecção, sem prejuízo de outros factores de ponderação fixados na Lei.

O curso que se designa por LICENCIATURA EM MEDICINA tem como finalidade habilitar profissionais de nível superior no ramo da Medicina Humana com o grau de licenciados, a actuarem como clínicos gerais ou a especializar-se cumprindo ulteriormente um programa específico de formação profissional e a prosseguirem com empenho um esforço de actualização e aprofundamento ao longo de toda a sua carreira profissional. Os conhecimentos a adquirir, os problemas a solucionar e as práticas a executar serão pois seleccionados tendo em conta que o curso de Medicina é apenas a fase básica da formação médica levando a que no final do curso de Medicina, o estudante seja capaz de:

  1. Demonstrar um comportamento profissional e humano de acordo com os princípios éticos e deontológicos da profissão.

  2. Demonstrar as habilidades clínicas, diagnosticas e terapêuticas adquiridas.

  3. Executar procedimentos que apoiem o diagnóstico, o tratamento e a urgência.

  4. Realizar actividades básicas de gestão individual e colectiva.

  5. Realizar acções sistemáticas de promoção e educação para a saúde, incluindo os aspectos nutricionais e sexuais.

  6. Realizar as habilidade mínimas necessáriasaos exames periciais médico-legais quando solicitados pelas entidades de direito.

  7. Utilizar o “método científico”para planificar, desenhar, executar e interpretar investigações fundamentais a este nível de formação.

  8. Aplicar sistemas actualizados de informação científica nas actividades de gestão, assistenciais e de investigação.

  9. Estabilizar clinicamente um doente antes da sua referência para outro nível de atenção de saúde.

Assim, tendo em conta os objectivos gerais do Curso definiram-se os objectivos de cada ciclo que compõem o plano de estudos.


No Ciclo Básico (1º Ciclo), o estudante deverá evidenciar, através do seu comportamento, que é capaz de:

  1. Desenvolver as suas capacidades para uma aprendizagem activa das disciplinas do Ciclo Básico como alicerce para as clínicas e relacionar este conhecimento com outras ciências.

  2. Apropriar-se das metodologias e características do ensino universitário na sua comunidade.

  3. Explicar as características essenciais damorfologia, funções e funcionamento do corpo humano nas diferentes condições ambientais e sócio-políticas.

  4. Explicar as carºacterísticas morfológicase diagnósticas dos agentes biológicos, patogénicos e seus ciclos vitais.

  5. Aplicar os princípios e técnicas do método científico ao estudo e à investigação nas disciplinas do ciclo básico.


No Ciclo Clínico (2 Ciclo), e tendo em vista um profissional capaz de prestar uma atenção integral de saúde, o estudante deve ser capaz de:

  1. Respeitar os princípios éticos e deontológicos da profissão médica.

  2. Estabelecer uma boa relação com o doente,a família e a sua equipa de trabalho.

  3. Executar acções sistemáticas de promoção e educação para a saúde, incluindo a nutricional e sexual.

  4. Consultar e prestar atenção médica a indivíduos sãos e doentes e a doentes hospitalizados.

  5. Fazer a história clínica baseada na informação obtida do doente e seus familiares aplicando o método clínico, atendendo às especificidades de algumas especialidades.

  6. Elaborar a partir da informação obtida e respectiva análise, os diagnósticos nosológicos provisórios (e definitivos para as doenças mais frequentes).

  7. Estabelecer os prognósticos dosdoentes e sua reabilitação.

  8. Tratar as doenças mais frequentes na população incluindo as situações de urgência, resolver as situações de pequena cirurgia, assim como referir correctamente os doentes que necessitam de atenção a níveis superiores de atenção de saúde.

  9. Adquirir habilidades mínimas para realizarexames periciais e médico-legais quando solicitados pelas autoridades competentes.

  10. Desenvolver actividades de gestão e administração de forma individual e em equipa.

  11. Aplicar o método científico àsdiferentes especialidades com o objectivo de planificar, desenhar, executar e interpretar investigações fundamentais a este nível de formação.

  12. Conhecer e utilizar sistemas actualizadosde informação científica e técnica.

 

No acto da matrícula os candidatos devem apresentar:

  • Boletim de matrícula e de inscrição a ser disponibilizado no local da matrícula;

  • Comprovativos de pagamento dos valores, conforme as tabelas abaixo;

  • Uma (1) fotocópia autenticada do Bilhete de Identidade/Talão para nacionais ou DIRE para estrangeiros;

  • Uma (1) fotocópia autenticada da Certidão de Nascimento ou Cédula Pessoal;

  • Uma (1) fotocópia autenticada do comprovativo de regularização do Serviço Militar Obrigatório; Duas (2) fotocópias autenticadas do Certificado de Conclusão da 12ª classe ou equivalente;

  • Duas (2) fotocópias do Certificado de Equivalência emitido pelo Ministério de Educação e Desenvolvimento Humano (MINEDH), para o caso de certificados de habilitações de 12ª classe ou equivalente emitidos no estrangeiro;

  • Uma (1) fotocópia da declaração/cartão do Número Único de Identificação Tributária (NUIT);

  • Três (3) fotografias tipo passe, actuais e iguais, para candidatos admitidos e beneficiários de bolsa de estudos completa ou reduzida;

  • Duas (2) fotografias tipo passe, actuais e iguais, para os restantes candidatos admitidos.


Para mais informações por favor visite http://www.dra.uem.mz

Taxas a pagar:

  • Todos os candidatos admitidos devem depositar 1.100,00 Mt (mil e cem Meticais) referentes ao Kit de matrícula (Boletim de matrícula e de inscrição; Processo Individual; cartão de estudante e regulamentos) na conta Millenium BIM, número110340411, titular Direcção do Registo Académico – UEM;

  • Depositar os valores referentes à taxa de matrícula e de inscrição na conta Millenium BIM, número 51910036, titular da conta Direcção de Finanças da UEM – Fundo de Propinas. As referidas taxas variam por curso.

  • Os candidatos admitidos aos cursos de ensino à distância devem depositar os valores referentes a taxa de matrícula na conta Millenium BIM, número 51910036, titular da conta Direcção de Finanças da UEM – Fundo de Propinas adicionalmente devem depositar o valor referente a taxa de inscrição na conta 128644214, titular da conta Centro de Ensino à Distância.


Para mais informações por favor visite http://www.dra.uem.mz 

Para mais informações por favor visite http://www.uem.mz/http://www.dra.uem.mz/http://www.pedagogica.uem.mz/